Viagem e Férias

Destinos improváveis com filhos

Tailândia, Marrocos, Havaí… Mães viajantes dão dicas de lugares fora do comum para você curtir férias inesquecíveis com os pequenos

Destinos improváveis com filhos

Sabe aquela história que, depois que um casal tem filhos, é impossível viajar para lugares longínquos ou explorar aqueles destinos mais improváveis? Acredite: é balela!

Dá sim para realizar aquele sonho antigo de cruzar o oceano Atlântico rumo à Ásia ou conferir as geleiras da Patagônia bem de pertinho, tudo isso na companhia dos seus pequeninos.

Claro que viajar com as crianças exige inúmeros cuidados – seja para a Disney ou para o Pantanal. 

“A melhor dica é pesquisar tudo sobre o destino antes de partir. Afinal, quanto mais informada, mais segura a mamãe fica. Além de dedicar atenção especial na hora de reservar o hotel, é legal ficar por dentro das principais atrações infantis e ter na mão todos os serviços de emergência”, recomenda Sut-Mie Guibert, mamãe da Clara, 7 anos, da Nina, 3 anos, e especialista em viajar com suas pimpolhas.

Definir um roteiro também não é tarefa fácil, mas não existem regras na hora da escolha.

“O destino perfeito é aquele que a família sonha conhecer”, aconselha Claudia Rodrigues Pegoraro, mãe do Felipe, o pequeno viajante que, com apenas 5 anos, já tem um passaporte de dar inveja a muitos adultos.

A única ressalva da expert são aqueles lugares que sofram com alguma tipo de epidemia, como a África Ocidental, ou zonas de conflito. De resto, está tudo liberado!

Para ajudar você a expandir ainda mais seus horizontes, conversamos com mães que são verdadeiras especialistas em viajar com seus pequenos.

A seguir, elas dividem um pouco da experiência que tiveram nesses lugares nada comuns. Inspire-se e comece a programar já a sua próxima viagem!

Tailândia

“Foi uma das melhores viagens da minha vida. Nos divertimos muito! É um país child-friendly, onde as crianças são sempre muito bem tratadas”, afirma Patrícia Papp, mãe do Pedro, 11, da Luiza, 5, e autora do livro Crianças a Bordo – Como Viajar com Seus Filhos Sem Enlouquecer.

Mesmo os passeios mais tradicionais, que envolvem visitas a templos budistas e exploração de antigas ruínas, deixam as crianças de boca aberta. O ponto alto provavelmente será o passeio de elefante e outros programas com animais. Isso sem contar nas praias paradisíacas (foto acima). Uma dica legal é fazer alguns trajetos de bike. Caso o pequeno ainda não saiba pedalar, dá para levá-lo na caderinha. Ele vai amar a aventura!

Cânion do Xingó

“Adorei conhecer esse lugar, que fica entre os estados de Alagoas e Sergipe, a cerca de 200 km de Aracajú”, afirma Patrícia. Para chegar ao Cânion, que se formou com a construção da Usina Hidrelétrica de Xingó, é preciso pegar uma embarcação que navega pelas águas do Rio São Francisco.

Para as crianças, a diversão já começa ali mesmo, pois o barco vem equipado com duchas e conta com um serviço de bar e restaurante. Além do mergulho com o auxílio de boias nas águas verdinhas do rio, os papais mais corajosos podem praticar tirolesa, rapel e caminhadas.

Patagônia

A dica é da nossa mamãe especialista em viagem Claudia Rodrigues Pegoraro, que visitou o destino quando o seu filho tinha 4 aninhos. “Sei que muitas famílias evitam a Patagônia por causa do frio, mas foi uma das viagens mais gostosas que fizemos”, lembra. É possível explorar as porções argentinas e chilenas, com paisagens incríveis da Cordilheira dos Andes.

Para as crianças, não faltam opções divertidas! “O Felipe andou de trenó na neve puxado por cachorros, aprendeu a esquiar e fez esqui-bunda. Ele aproveitou cada passeio!”, comemora.

Nova Zelândia

Por mais que muitos pais torçam o nariz para a categoria acampar, no geral, as crianças adoram essa aventura. A opção encontrada por Claudia foi substituir a barraca por um motor home, e foi a bordo dessa casa sobre rodas que ela fez três grandes viagens na companhia de seu filho e marido – uma delas pela Nova Zelândia.

Trata-se de um país que reúne tudo: natureza abundante, boa gastronomia e muita cultura. As crianças vão poder interagir com muitos animais e nadar em águas cristalinas, enquanto os pais podem se aventurar em esportes radicais e até explorar as vinícolas da região.

Ferrovia transiberiana

Percorrer parte dos mais de 9 mil quilômetros de trilhos que ligam a Rússia europeia aos países do oriente é algo que faz brilhar os olhos de muitos mochileiros. Foi na companhia de seus fiéis escudeiros – o filho e o marido – que Claudia conheceu Rússia, Mongólia e China a bordo dessa joia dos transportes.

“Sem dúvida foi a maior de todas as nossas aventuras. O Lipe comemorou 2 aninhos a bordo do trem, brincando com várias crianças russas e mongolianas que estavam no nosso vagão. Sem falar que ele teve muito mais facilidade de se adaptar à comida mais apimentada da região”, lembra Claudia.

Marrocos

Apesar de ser considerado um destino exótico, esse país do continente africano oferece vantagens por estar localizado bem próximo à Europa. Isso significa que há uma grande variedade de papinhas para bebê, fraldas, roupas e comidinhas para mãe nenhuma botar defeito!

“Sem falar que as crianças são sempre muito bem recebidas pelo povo local, com abraços e beijos”, indica Sut-Mie Guibert, nossa mamãe exploradora da região. Além de se encantar com o visual de Marrakesh, declarada Patrimônio Mundial pela Unesco, as crianças vão se divertir com o passeio de charrete, os encantadores de serpentes, as roupas coloridas e a voltinha no lombo do camelo.

Havaí

As paisagens paradisíacas do Havaí são o sonho de consumo de muitos adultos. “Porém, o que muitos não sabem é que o Havaí é um destino que tem uma estrutura fantástica para as crianças! Você encontra todas as facilidades com padrão americano - camas grandes, parquinhos, áreas para piquenique, salva-vidas etc. com um toque exótico das ilhas!”, detalha Sut-Mie.

Natureza, animais, praias e esportes são a combinação perfeita para agradar a criançada.

Pantanal

Apesar do visual selvagem, o destino pode trazer dias de muita calmaria e diversão para os pequenos. Quem explorou a região durante 7 dias foi Daniela Folloni, na companhia de seus pequenos Felipe, 4, e Isabela, 6. Lá, ela curtiu uma semana de vida saudável, alimentação balanceada e muita farra.

“Há opções de passeios kids-friendly, com caminhadas leves, cavalgadas com cavalos mansos e até pescaria”, lista Daniela. É uma ótima opção para quem quer se desligar da correria das grandes cidade e curtir dias gostosos, sem estresse.

Toscana

A família Folloni já tem seu próximo destino definido: eles vão alugar um carro e explorar a região italiana da Toscana. Como as famosas cidades europeias, como Roma e Paris, são muito grandes, esses roteiros clássicos podem ser extratemente cansativos para os pequenos exploradores.

“As cidades do interior são menores, então as crianças não precisam caminhar muito. Sem contar que são destinos repletos de castelos, eles adoram!”, comemora Daniela. Além da arquitetura convidativa, a Itália tem a seu favor a gastronomia. Afinal, qual criança não adora uma massa da nonna ou um gelato delicioso para renovar as energias?

Galápagos

Quando Simone Jung visitou o arquipélago, localizado no Oceano Pacífico, ainda não contava com a companhia de seu filho Eric, de apenas 6 meses. Mas assim que ele estiver um pouco maior, a família vai repetir a dose.

“Indico essa viagem para famílias com crianças maiores de 5 anos. Além do sol forte, Galápagos é um destino de aventura. Então, é importante que os pequenos consigam caminhar bem, sem que precisem fazer muitas paradas”, explica.

Existem inúmeras opções de tours que oferecem programas de contemplação da natureza. É possível visitar praias, cavernas e até regiões com vulcões inativos. “Os pimpolhos também vão poder ver de perto tartarugas, iguanas, leões marinhos, pinguins e diversos animais aquáticos”, explica Simone. Para evitar problemas, tenha sempre à mão boné, camiseta e um bom estoque de protetor solar.

(Foto: Getty Images)