Viagem e Férias

Mulher pode (e deve!) viajar sozinha

Com estas dicas, você garante a sua segurança e, é claro, a diversão

Mulher pode (e deve!) viajar sozinha

Combinar as férias com namorado ou amigas nem sempre é tarefa fácil. Além das diferentes datas, algumas empresas ainda têm restrições dos períodos em que os funcionários podem sair, ou seja, não dá para escolher muito.

Com isso, às vezes acabamos adiando nossas viagens por falta de companhia. Mas isso não é nada necessário! Toda mulher pode, sim, viajar sozinha.

Inclusive, pode ser uma grande experiência para você se conhecer melhor e superar barreiras pessoais como a timidez ou o medo da solidão. Afinal, sozinha, você terá de encarar tudo que surgir por conta própria e vai terminar aprendendo a se virar.

Animou? Então confira nossas dicas para garantir sua segurança e aproveitar ao máximo!

Pesquise bem sua estadia

Hotel, hostel, pousada, aluguel de casa, couchsurfing… Tanto faz. O importante, antes de fechar o local onde vai ficar, é pesquisar bem as avaliações de outras pessoas que já se hospedaram ali e conferir onde fica, como é o transporte para chegar e sair etc. Ter tudo prontinho facilita sua viagem e sobra mais tempo para aproveitar o passeio.

Para conhecer gente, opte por um hostel

Essa pode não ser a opção mais confortável de hospedagem, mas é a mais divertida. Escolha da maioria dos viajantes solitários, hostels possuem áreas comuns onde você conhece gente nova para bater um papo e espantar a solidão. E o melhor é que hoje existe hospedagem assim nos mais diferentes estilos!

Faça a menor mala possível

Na verdade, isso devia valer para qualquer viagem. Quanto menos peso, mais prática a mala. Mas no caso de viajar sozinha, você não vai ter ajuda para carregar a bagagem, nem com quem dividir o táxi, por exemplo. Melhor uma mala leve, que você possa levar de metrô ou ônibus. De preferência, nas costas.

Conheça a cultura local

Sempre pesquise sobre os hábitos culturais do seu destino antes de partir. Como a mulher é vista no país? Que atitudes são consideradas mal-educadas? É comum deixar gorjeta? É importante conhecer isso tudo para evitar situações desconfortáveis, desagradáveis e até perigosas!

Tenha um plano de passeios

Vale a pena saber quais atrações existem no seu destino e fazer um plano de passeios. Assim, todo dia vai ter um “propósito” e não deixará a solidão te desanimar!

Mas esteja aberta a fugir do plano

É que, quando se viaja sozinha, é mais provável que coisas inesperadas aconteçam. Tipo conhecer uma turma no hostel e decidir embarcar em um passeio coletivo. Além disso, seu humor também pode influenciar suas vontades e vale respeitá-lo - sem nunca deixar de aproveitar a viagem, é claro!

Leve um livro ou playlist

Em toda viagem, é normal rolar algumas horas livres por dia, seja no transporte ou no seu quarto mesmo. Por isso é bom ter algo para se ocupar nesses momentos e espantar a solidão.

Informe alguém sobre seus passos

Parentes ou amigos, não importa. Mas procure compartilhar com alguém o que pretende fazer no dia, quais lugares vai visitar e eventuais pessoas que possam estar com você. Só para garantir que pelo menos uma pessoa saiba por onde começar a te procurar, caso algo aconteça (mas não vai acontecer, tá?)

Combine um código de emergência

A ideia é que nada de ruim ocorra, mas é sempre bom ser precavida. Combine com alguém de sua confiança uma palavra de emergência que você não fala no dia a dia. Caso perceba algo estranho, envie essa palavra de alguma forma (SMS, WhatsApp, messenger...) para que essa pessoa saiba que você precisa de ajuda.

(Imagens, gifs e vídeo: Acervo Disney)

comentarios mulher, viagem, sozinha