Viagem

A importância da natação

Por Patricia Papp e Fernanda Avila
@Eu Viajo Com Meus Filhos

Se você gosta de viajar em família, tenho um conselho: ensine seus filhos a nadarem desde pequenos!

A importância da natação

Viajo com meus filhos desde que eles são bebês - a primeira viagem dos dois foi quando eles tinham 3 meses. Coincidência ou não, foi para uma praia com piscinas naturais, mar com água quente e calminha.

De lá para cá, foram dezenas de viagens para locais com piscinas (naturais e artificiais), rios, lagoas, mergulhos, cachoeiras, caiaque, stand up paddle e até kite surf.

Talvez fosse possível fazer grande parte destas atividades mesmo que as crianças não soubessem nadar mas, com certeza, elas teriam muito menos segurança e aproveitariam muito menos.

Meus filhos fazem natação desde os 6 meses de idade. Quando eram bebês, os pais precisavam participar da aula. À medida que foram crescendo, ganharam autonomia, mudaram de piscina e a brincadeira virou treino.

Hoje o mais velho nada bem e a pequena está desenvolvendo a técnica. Quando fui para Bonito, fiquei impressiona com a segurança da Luiza em flutuar com a máscara por tanto tempo, mesmo sem "ter pé" no rio. E o Pedro é um peixinho com o snorkel e chegou a fazer mergulho de cilindro.

A cada passeio que faço, descubro que atividades que envolvem água estão sempre presentes nas nossas viagens e fico feliz por ter investido meu tempo - e o deles - na natação.

Viagens da Pati

(Foto: Arquivo pessoal)

comentarios natação, nadar, viagem, viajar