Viagem

Viagens em família: as belezas do litoral norte de São Paulo

Por Samantha Shiraishi
@maecomfilhos

Normalmente juntamos a turminha no Sul, durante as férias de inverno, mas neste ano reunimos os primos cariocas e paulistas num local no meio do caminho

Viagens em família: as belezas do litoral norte de São Paulo

Se tem uma coisa que faz quem ama viajar (re)descobrir novos roteiros, é o dólar em alta. Quando a moeda fica desfavorável para viagens ao exterior, a gente redescobre o próprio país. 

Na minha família, nestas férias de meio de ano tivemos mais dois pontos que nos seguraram perto de casa: a agenda apertada de compromissos, que nos deixou com poucos dias para realmente viajar com os filhos, e a possibilidade de passar uns dias reunindo os primos. 

Normalmente juntamos a turminha no Sul, nas férias de inverno, como já contei num texto por aqui. Mas neste ano resolvemos fugir do frio e criar memórias diferentes para juntar cariocas e paulistas, escolhendo um local no meio do caminho: o litoral norte de São Paulo. 

Equidistante das duas capitais, a região de Ubatuba tem muito da beleza natural do Rio e um pouco da qualidade dos serviços paulistas. Além disso, os preços ainda são convidativos, o que faz do passeio uma oportunidade de fazer muito em pouco tempo. 

São quatro municípios: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, todos parte da macrorregião turística do Vale do Paraíba.

Muito mais do que um lugar com praias - como é (perdoem o jeito) o litoral sul paulista, que lembra as praias paranaenses, nas quais eu veraneava na infância -, a região tem rara beleza natural.

As paisagens litorâneas são incríveis e a cada curva na estrada a gente se pega querendo parar, fotografar e colocar o pé na areia. São mais de 100 praias, 300 cachoeiras, dezenas de trilhas em 138 mil hectares de Mata Atlântica, o que garante não só bons esportes náuticos, mas caminhadas e trilhas ecológicas. 

Entenderam os motivos para escolhermos este local para reunir as crianças que têm 2, 3, 7, 12 e 15 anos? Poucos lugares conseguem atender a uma diversidade tão grande de interesses!

Nosso balneário favorito por lá é Ubatuba, mas quem for a Caraguatatuba, Ilhabela ou São Sebastião vai curtir tanto quanto nós. 

Ubatuba tem 70 praias (sério, o município tem uma área enorme, boa parte de reserva florestal) e tem uma para cada gosto. Dizem que Domingas Dias e Enseada são mais familiares, e que Itamambuca, do Félix e Grande são para surfistas.

Curiosamente, passamos uma semana bem gostosa com as crianças justamente em Itamambuca, onde acontecia mesmo uma etapa de campeonato de surf. Mas nada que afetasse a rotina tranquila, de perfeita sintonia com a natureza e cuidado extremado com o ambiente na pequena orla desse bairro relativamente afastado do centro da cidade de Ubatuba. 
 
Como já estávamos meio fora da cidade, almoçamos na linda (e quase deserta) praia da Almada e passamos por Puruba e Bonete, duas outras praias de beleza estonteante e sensação de paraíso sem badalação.

Na Almada, aproveitamos um evento tradicional, o Festival do Camarão, onde pudemos sentir o clima dos nativos num almoço regado a bom rock’n'roll ao vivo. 

Para quem gosta e não enjoa, recomendamos também os passeios de escuna, opção para conhecer as ilhas da região e algumas praias de acesso difícil.

Desde que descobriram esses barcos numa viagem a Paraty, quando eram pequenos, nossos filhos adoram os passeios, que permitem conhecer ilhas inabitadas e “pular direto no alto mar” (direto do barco), aventuras que todo pré-adolescente curte e que agrada aos adolescentes também.

Os barcos costumam ser bastante seguros e até os pequenos (que acabam ficando com a mamãe no barco) aproveitam e se divertem. 

E como choveu, num dos dias sem praia fomos para a cidade de Ubatuba e visitamos com calma o sede do Projeto Tamar, que tem visitas monitoradas em tanques repletos de tartarugas marinhas.  

São 12 tanques de água doce e salgada, que reúnem 70 espécies de animais marinhos da fauna local e também de outros oceanos, uma aula de biologia marinha e consciência ambiental.

Na saída, parada obrigatória em Ubatuba para tomar sorvete na região do mercado de peixes, onde fica a sorveteria Pistache, uma delícia local com sabor de viagem ao exterior. 

Aliás, este é um resumo gostoso do que o litoral norte pode nos dar: sensação de familiaridade, de férias na vó, mas com qualidade de viagem, fugindo da bolha do cotidiano. 

E se você também é fã da região e tem dicas, conte aí nos comentários, onde cabem suas dúvidas também. 

Beijos e bons planos para os próximos feriados, afinal, este semestre promete!

;)

(Fotos: Arquivo pessoal de Sam e Tiffany Shiraishi; Jimmy Baikovicius, autorizada por Creative Commons [vista aérea])